11 95588-7628 | 11 94067-2505

Critérios de avaliação de uso e abuso de substâncias  químicas segundo DSM-5/2013
Critérios para transtornos relacionados ao uso de substâncias químicas segundo DSM-5

( Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais), foi publicado em 18 de maio de 2013 e é a versão atual do manual.)

Um padrão mal-adaptativo de uso da substância levando a prejuízo ou sofrimento clinicamente significativo, manifestado por dois (ou mais) dos seguintes critérios, ocorrendo a qualquer momento no mesmo período de 12 meses:

  1. A substância é frequentemente consumida em maiores quantidades ou por um período mais longo do que o pretendido.
  2. Existe um desejo persistente ou esforços mal-sucedidos no sentido de reduzir ou controlar o uso da substância.
  3. Muito tempo é gasto em atividades necessárias para a obtenção da substância, na utilização ou na recuperação de seus efeitos.
  4. Fissura, desejo intenso ou urgência em consumir a substância (craving).
  5. Uso recorrente da substância resultando em fracasso para cumprir obrigações importantes relativas a seu papel no trabalho, na escola ou em casa.
  6. O uso da substância continua, apesar de problemas sociais ou interpessoais persistentes ou recorrentes causados ou exacerbados pelos seus efeitos.
  7. Importantes atividades sociais, ocupacionais ou recreativas são abandonadas ou reduzidas em virtude do uso da substância.
  8. Uso recorrente da substância em situações nas quais isto representa perigo físico.
  9. O uso da substância continua, apesar da consciência de ter um problema físico ou psicológico persistente ou recorrente que tende a ser causado ou exacerbado pelo uso.
  10. Tolerância, definida por qualquer um dos seguintes aspectos:(a) necessidade de quantidades progressivamente maiores da substância para adquirir a intoxicação ou efeito desejado;
    (b) acentuada redução do efeito com uso continuado da mesma quantidade da substância.
  11. Abstinência, manifestada por qualquer dos seguintes aspectos:(a) síndrome de abstinência característica para a substância;
    (b) a substância é consumida para aliviar ou evitar sintomas de abstinência.

A classificação da gravidade do transtorno baseia-se na quantidade de critérios acima preenchidos pelo indivíduo, sendo:

Leve: presença de 2 a 3 sintomas
Moderada: presença de 4 a 5 sintomas
Grave: presença de 6 ou mais sintomas